Quarta saudável

Quarta saudável: Desvendando o SÓDIO!

28

Oi pessoas, tudo bem?

Muita gente ainda tem dúvidas em relação aos benefícios e malefícios que o famoso sódio, em especial o cloreto de sódio (sal de cozinha), traz para nossas vidas e tentarei nesse post ajudar a esclarecer alguns pontos relacionados a esse assunto. Ah muito mais de 5 mil anos atrás o sal era usado para conservar os alimentos da deterioração, já que tem como característica retirar água dos alimentos e assim evitava a proliferação de bactérias. Só no início do século XX o sal passou a ser utilizado como tempero, trazendo muitos questionamentos e dando ao famosinho o título de VILÃO!

Sim, assim como tudo demais é veneno com o sódio não seria diferente e se consumido em excesso ele acarreta muitos problemas à saúde como: hipertensão, problemas cardíacos, problemas nos ossos, problemas renais, vômitos, favorece o inchaço, confusão mental, letargia, anorexia, convulsões, coma, obesidade e excesso de iodo (que favorece problemas na tireoide).

No entanto, o sódio na medida certa se faz importante atuando na manutenção do equilíbrio hídrico, transmissão dos impulsos nervosos e contração muscular.

Hoje é possível encontrar no mercado inúmeros tipos de sal e para facilitar sua escolha na hora da compra vamos entender um pouquinho sobre eles:

tipos-de-sal

1.Sal Refinado: também chamado de sal de mesa ou sal de cozinha. É um sal pobre em nutrientes, pois o grão passa por um processo térmico para que a sua umidade final fique em 0,05% e, também, pelo refinamento e branqueamento. Em ambos os processos, o sal perde quase todos os traços de microelementos ou oligoelementos (que inclui o iodo) e só permanece uma alta taxa de sódio. A partir de R$ 2,09 – 1kg.

2. Sal Marinho: Considerado mais saudável que o sal refinado por não ser tão processado. Conserva mais os minerais presentes naturalmente no grão como o cálcio, flúor, enxofre, magnésio e iodo. Possui um sabor menos salgado do que o sal refinado e não sofre adição de nenhuma substância química. Assim, o sal marinho permanece com cor e tamanho diferentes do refinado. No máximo, ele é moído para que o seu uso possa ser feito no preparo de alimentos. A partir de R$ 5,50 – 1kg.

3. Flor de Sal: Pequenos cristais retirados da camada mais superficial das salinas. Conferem uma textura crocante às preparações. Possui  maior teor de minerais como magnésio, iodo e potássio. A flor de sal pode ser utilizada como tempero para destacar o sabor dos pratos. Indica-se pegar alguns cristais com as mãos e colocá-los sobre o prato. Pode ser usada em peixes, carnes, verduras, ou para finalizar e dar sabor em qualquer receita. Não deve ser levada ao fogo porque perde a textura crocante. Ela também deve ser usada em pouca quantidade, porque o sabor é bem concentrado. A partir de R$ 6,99 – 100g.

4. Sal Light: Possui menor teor de sódio. Em geral 50% a 70% do cloreto de sódio é substituído por cloreto de potássio. Recomendado para hipertensos e com retenção hídrica. Contraindicado para pessoas com acúmulo de potássio. A partir de R$ 7,20 – 500g.

5. Sal Rosa do Himalaia: Considerado o mais antigo e puro dos sais marinhos. Tem menor concentração de sódio e é muito rico em minerais como cálcio, magnésio, potássio, cobre, manganês e ferro. Sua cor rosa deve-se a alta concentração de minerais em sua composição (mais de 80 tipos de minerais). O alto poder desintoxicante do sal rosa é benéfico para ajudar a eliminar toxinas do corpo, purificar o sangue e regular a produção de óleo pela pele. Além disso, a alta concentração de magnésio, por exemplo, é benéfica para prevenir cãibras e fortalecer os músculos e o sistema imunológico. A partir de R$ 17,90 – 110g.

6. Sal Negro: Origem indiana recolhido de regiões vulcânicas. A presença de enxofre em sua composição confere um sabor forte e coloração acinzentada. Possui menor teor de sódio e boa concentração de potássio e ferro. A partir de R$ 16,90 – 100g.

Logo, para uma alimentação saudável é preciso diminuir o excesso de sódio nas refeições diárias fazendo escolhas adequadas a sua necessidade e ficando de olho nos rótulos dos alimentos, pois o sódio não encontra-se apenas no sal de cozinha!

Espero que tenham gostado,

Beijos!

Anúncios

18 comentários em “Quarta saudável: Desvendando o SÓDIO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s